IEQ Cervezão

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

 Dia 33 – Como os servos verdadeiros agem

 

 

 

Servimos a Deus ao servir aos outros!

Mateus 7.16 “Vocês podem dizer o que eles são pelo que eles fazem”.

Em nossa cultura egoísta, com sua mentalidade do "eu primeiro", agir como servo não é uma noção apreciada. Jesus, entretanto, mediu a grandeza pela quantidade de pessoas que servimos, não pela quantidade de pessoa que nos servem. É possível servir na igreja durante toda uma vida sem jamais ter sido um servo. Deve-se ter o coração de servo.

A notoriedade não significa nada para os servos verdadeiros, porque eles sabem a diferença entre ser proeminente e ser importante. No céu, Deus irá recompensar abertamente alguns de seus servos mais desconhecidos, pessoas das quais nunca ouvimos falar na terra, que orientaram crianças emocionalmente perturbadas, limparam idosos que sofriam de incontinência, cuidaram de pacientes com AIDS e serviram de milhares de maneiras que desconhecemos.

Sabendo disso, não desanime quando seu serviço for desconhecido ou nem for notado. Persista em servir a Deus! 

1 Coríntios 15.58 “Lancem-se no trabalho do Senhor, confiantes de que nada que vocês façam para ele seja perda de tempo ou de esforço”.

Mesmo o menor serviço é reconhecido por Deus e recompensado. Lembre-se das palavras de Jesus:

Mateus 10.42 “E se, como meus representantes, vocês derem até mesmo um copo d'água fria a uma criança, serão seguramente recompensados”.