IEQ Cervezão

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

 

Evangelismo e missões

download.jpg

 

Marcos 16.15 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”.

Evangelismo: Vem do termo grego “evangelion” que significa “boas novas”; trazer ou anunciar as boas novas; as boas notícias. E um termo do resumo final de toda mensagem do cristianismo (Marcos 1.1 “Princípio do evangelho de Jesus Cristo, o Filho de Deus”. 1 Coríntios 15.1 “Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes”.

1 – Definições

Evangelizar: Evangelizar e transmitir a verdade que liberta e transforma aquele que recebe Jesus Cristo como único e suficiente Salvador.

Evangelizar pode ser definido da seguinte forma:

A - Testemunhar de Cristo os perdidos.

B - Levar os perdidos a Cristo.

C - Integrar mais vidas na tarefa de como ganhar almas.

D - Conscientizar a estar preparado para o retorno de Cristo.

Missão: Vem da expressão latina missione, do verbo mittere; significa ação, tarefa, ordem e compromisso. No sentido evangelístico, e a transmissão consciente e planejada das Boas-Novas de Cristo além das fronteiras nacionais e culturais. E também a tarefa da Igreja enviar missionários por todo o mundo para anunciar o Evangelho de Cristo. O termo no grego corresponde a palavra apostole que em português é “apostolo” que significa “alguém enviado para realizar algo (missão, tarefa), no intuito de atingir um alvo especifico.

Missionário: O termo apostolo e o mesmo que missionário no latim, ou seja, aquele que é enviado para abrir um novo trabalho evangelistico.

 

2 - Bases Bíblicas de Missões

A Bíblia e um livro missionário. A Bíblia dá a ordem, a mensagem, o modelo e a autoridade de como ganhar almas para Cristo.

Missões no Antigo Testamento

O pecado se multiplicou a tal ponto que o homem se esqueceu do Criador (Genesis 6.5 “O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal”).

Deus jamais desejou destrui-lo, porque havia uma promessa redentora desde os tempos do Éden (Genesis 3.15 “Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar").

Por se multiplicar a maldade no coração do homem, aparece no cenário que prevalecia a maldade, o pregoeiro da justiça Noé. Depois Deus chama a Abraão (Genesis 12.1 a 3 “Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados”).

Deus usou a vida de Abraão para criar um povo escolhido e que este povo abençoasse outros povos da terra e fez lhe uma promessa: Genesis 12.1 a 3 “Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados”. A promessa de Deus feita a Abraão se divide em duas partes:

A - As estrelas representam a descendência espiritual (Gálatas 3.29 “E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa”).

B - A areia da praia simbolizam a descendência natural de Abraão (Genesis 12.2 e 3 “"Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados"). O Povo de Israel (Salmos 67.1 “Que Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe, e faça resplandecer o seu rosto sobre nós”).

O povo israelita foi escolhido por Deus para fazer conhecido o nome do Senhor a todas as nações da terra, para testemunhar as grandiosas obras do Senhor e preparar o caminho da chegada do desejado das nações, Jesus Cristo.

Deus utilizou um método para Israel cumprir sua missão de atrair as nações para Ele. Este método e definido como missão centrípeta, servia como imã espiritual que atraísse os povos de outras nações a fim de leva-las a obediência das leis divinas.

O plano missionário de Deus para Israel era:

A - Proclamar Seu plano de abençoar as nações (Genesis 12.1 a 3 “Então o Senhor disse a Abrão: "Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados”).

B - Participar do Seu sacerdócio como agente dessa benção (Êxodo 19.4 a 6 “Vocês viram o que fiz ao Egito e como os transportei sobre asas de águias e os trouxe para junto de mim. Agora, se me obedecerem fielmente e guardarem a minha aliança, vocês serão o meu tesouro pessoal dentre todas as nações. Embora toda a terra seja minha, vocês serão para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa’. Essas são as palavras que você dirá aos israelitas”).

C - Provar o proposito divino de abençoar todas as nações (Salmos 67.1 a 7 “Que Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe, e faça resplandecer o seu rosto sobre nós, para que sejam conhecidos na terra os teus caminhos, a tua salvação entre todas as nações. Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te todos os povos. Exultem e cantem de alegria as nações, pois governas os povos com justiça e guias as nações na terra. Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te todos os povos. Que a terra dê a sua colheita, e Deus, o nosso Deus, nos abençoe! Que Deus nos abençoe, e o temam todos os confins da terra”).

Missões no Novo Testamento:

O Novo Testamento e um livro de missões. Jesus designou a sua igreja evangelizar todos os povos. Assim como Israel tinha uma missão de atrair os povos para as leis divinas (missão centrípeta), a igreja recebeu a missão de levar a Palavra de Deus a todos os povos. A natureza da missão da igreja e centrifuga, isto requer de a igreja levar as boas novas de Cristo as nações. A Missão Centrifuga da Igreja: Ir para fora, levar o Evangelho para todos os povos.

3 - A Grande Comissão

Mateus 28.18 a 20 “Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

Marcos 16.15 a 18 “E disse-lhes: "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados”.

Atos 1.7 e 8 “Ele lhes respondeu: "Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade. Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”.

4 - O Mandado de Jesus:

Mateus 28.18 a 20 “Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espirito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado. E certamente estou convosco todos os dias, até a consumação do século”.

Podemos notar neste texto:

A - Uma ordem: “Ide” a todos os lugares. Não foram dados somente aqueles discípulos de épocas remotas, mas para toda a Igreja em todos os tempos e eras. Esta ordem foi dada com autoridade (Atos 1.8 “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”).

B - Uma ação com responsabilidade: “Pregai” o evangelho.

C - Uma promessa: “Estou convosco”. A certeza que Deus está com aqueles que atende o seu chamado, e tem a prova de que os sinais e prodígios acontecem.

O significado do Ide (grego, poreu?)

A - Caminhar constantemente.

B - Iniciar a jornada.

C - Partir para a vida.

D - Seguir alguém, isto é: tornar seu seguidor.

E - Conduzir ou pedir pela vida de alguém.

5 - A Grande Tarefa:

A - Fazer Discípulos.

B - Ensinar a guardar a Palavra.

C - Pregar Evangelho.

D – Batizar.

E - Receber poder do Espírito Santo.

F - Mostrar Sinais.

G - Testemunha.

6 - Alvo e Tempo da Tarefa:

A - Todos os povos.

B - Toda Criatura.

C - Tempos e épocas estabelecidos pelo poder do Pai.

7 - Em qual lugar:

A - O mundo todo

B - Jerusalém (Local).

C - Judeia (Regional).

D - Samaria (Outras Regiões).

E - Confins da Terra (Lugares Remotos)

Paulo tinha desejo de ir a Espanha (Romanos 15.23, 24 e 28 “Mas agora, não havendo nestas regiões nenhum lugar em que precise trabalhar, e visto que há muitos anos anseio vê-los, planejo fazê-lo quando for à Espanha. Espero visitá-los de passagem e dar-lhes a oportunidade de me ajudar em minha viagem para lá, depois de ter desfrutado um pouco da companhia de vocês. Assim, depois de completar essa tarefa e de ter a certeza de que eles receberam esse fruto, irei à Espanha e visitarei vocês de passagem”).

8 - Estratégia Missionária

Estratégia significa concordar na forma para alcançar certos objetivos.

Estratégia missionaria e a forma que o corpo de Cristo caminha para obedecer ao Senhor e estar de acordo com os objetivos que Ele nos determina.

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.