IEQ Cervezão

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

O Diácono que Deus procura - tópico 02

E-mail Imprimir PDF
O DIACONO QUE DEUS PROCURA - TÓPICO 2
 
 
UM DIACONO EQUILIBRADO
 
 
 
Falta de consideração, afrontas, insultos, oposições e hostilidade de outros, torna-se um verdadeiro desafio, na prova
de equilíbrio e maturidade do diácono.
alguns não conseguem segurar a barra, e ficam com a fama de brigão, grosso e mal educado.
Lembro da história de um diàcono, que ao começar o culto o pastor pediu que ele chamasse jovens que estavam do lado de fora do templo. O irmão chamou a primeira vez e nada, a segunda e nada. Na terceira não teve dúvida, já alterado e firme dísparou:
escuta aqui pessoal, antes de ser diácono já fui da mundo, já quebrei neguinho por muito menos.
A falta de equilibrio tem destruído em muito as nossas igrejas, os mesmos que recebem as visitas são os mesmos que os colocam para fora.
Uma diaconisa em uma igreja, consegui tirar do culto uma família por causa de um copo de água.
O pastor pregando a mensagem de repente entra uma criança chorando, a mãe pergunta o que ouve, em seguida levantam o casal, mais dois filhos e a criança, o pastor ao terminar o culto chamou uma de suas diaconisas para perguntar o que ouve, eis o que aconteceu:
A criança brincando do lado de fora da igreja, foi ao bebedouro, colocou água no copo bebeu um pouco e jogou o resto fora, em poucos minutos repitiu o mesmo , na terceira vez, uma diáconisa tomou o copo da menina e deu um pequeno tapa na mão da criança, que chorando contou a mãe; Uma diabolisa havia lhe batido.
Qual a mãe que gosta que batam  em seus filhos, a familia foi embora na mesma hora e nunca mais voltou aquela igreja.
Quantas familias deixam de frequentar nossas igrejas, e não sabemos qual é a razão, a falta de equílibrio e maturidade de alguns, faz as pessoas tomarem decisões impensadas, que refletem nagativamente contra a igreja.
Os diáconos devem estar acima de qualquer censura em todas as ações pessoais, pois não devem esquecer que são pessoas marcadas e onde quer que estejam são representantes de Deus e da igreja local.
Devem fazer das escrituras o padrão para seus atos, baseado no teor da palavra usando a pergunta - O que faria Jesus? O que devo fazer no ponto de vista de Deus? Afinal é para Deus que trabalhamos.
Devem ser o exemplo de consideração e parcialidade, sensibilidade aos sentimentos e direitos dos outros, mostrando sempre respeito e amor á igreja e as pessoas.
Diversas passagens da bíblia, fala de modo decisivo sobre a importância de termos uma vida equilibrada, principalmente quando estamos no meiode pessoas não crentes ou diante de um novo convertido.
 
CONSIDEREMOS AS DECLARAÇÕES A SEGUIR:
 
E a deligenciardes por viver tranquilamente, cuidar do que é do vosso e trabalhar com as próprias mãos  como vos oedenamos, de modo que vos porteis com dignidade para com os de fora e de nada venhais a precisar. 1 Tes. 4:11 e 12.
 
. Portai-vos com sabedoria, para com os que são de fora, aproveitai as oportunidades. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis repreender a cada um. Col. 4:5 e 6.
 
. Mantendo exemplar o vosso procedimento no meio dos gentios, para que naquilo que falam mal de vós outros como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observam. 1 Pedro 2.12.
 
. Ao lermos estas passagens bíblicas, não há duvida de que á vontade de Deus para seus servos, é que tenham uma boa referencia diante do mundo que não esta salva.
 
. Qualquer servo, que deixa de colocar-se á altura desses critério, não deveria ser indicado para ser diácono ou diaconisa da nossa igreja, se lhe dermos tal incumbência, além de criarmos problemas para o corpo, também criamos problemas para o próprio diaconato.
 
. Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. O qual  não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano. O qual quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava aqule justamente. 1 Pe 1:21.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Pr Sebastião Edivino da Silva
Escrito por: Valmir Fernando - Diretor do Diaconato I.E.Q. Cervezão
Fale comigo:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
UM DIACONO EQUILIBRADO
 
 
 
Falta de consideração, afrontas, insultos, oposições e hostilidade de outros, torna-se um verdadeiro desafio, na prova
de equilíbrio e maturidade do diácono.
alguns não conseguem segurar a barra, e ficam com a fama de brigão, grosso e mal educado.
Lembro da história de um diàcono, que ao começar o culto o pastor pediu que ele chamasse jovens que estavam do lado de fora do templo. O irmão chamou a primeira vez e nada, a segunda e nada. Na terceira não teve dúvida, já alterado e firme dísparou:
escuta aqui pessoal, antes de ser diácono já fui da mundo, já quebrei neguinho por muito menos.
A falta de equilibrio tem destruído em muito as nossas igrejas, os mesmos que recebem as visitas são os mesmos que os colocam para fora.
Uma diaconisa em uma igreja, consegui tirar do culto uma família por causa de um copo de água.
O pastor pregando a mensagem de repente entra uma criança chorando, a mãe pergunta o que ouve, em seguida levantam o casal, mais dois filhos e a criança, o pastor ao terminar o culto chamou uma de suas diaconisas para perguntar o que ouve, eis o que aconteceu:
A criança brincando do lado de fora da igreja, foi ao bebedouro, colocou água no copo bebeu um pouco e jogou o resto fora, em poucos minutos repitiu o mesmo , na terceira vez, uma diáconisa tomou o copo da menina e deu um pequeno tapa na mão da criança, que chorando contou a mãe; Uma diabolisa havia lhe batido.
Qual a mãe que gosta que batam  em seus filhos, a familia foi embora na mesma hora e nunca mais voltou aquela igreja.
Quantas familias deixam de frequentar nossas igrejas, e não sabemos qual é a razão, a falta de equílibrio e maturidade de alguns, faz as pessoas tomarem decisões impensadas, que refletem negativamente contra a igreja.
Os diáconos devem estar acima de qualquer censura em todas as ações pessoais, pois não devem esquecer que são pessoas marcadas e onde quer que estejam são representantes de Deus e da igreja local.
Devem fazer das escrituras o padrão para seus atos, baseado no teor da palavra usando a pergunta - O que faria Jesus? O que devo fazer no ponto de vista de Deus? Afinal é para Deus que trabalhamos.
Devem ser o exemplo de consideração e parcialidade, sensibilidade aos sentimentos e direitos dos outros, mostrando sempre respeito e amor á igreja e as pessoas.
Diversas passagens da bíblia, fala de modo decisivo sobre a importância de termos uma vida equilibrada, principalmente quando estamos no meio de pessoas não crentes ou diante de um novo convertido.
 
CONSIDEREMOS AS DECLARAÇÕES A SEGUIR:
 
E a deligenciardes por viver tranquilamente, cuidar do que é do vosso e trabalhar com as próprias mãos  como vos oedenamos, de modo que vos porteis com dignidade para com os de fora e de nada venhais a precisar. 1 Tes. 4:11 e 12.
 
 Portai-vos com sabedoria, para com os que são de fora, aproveitai as oportunidades. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis repreender a cada um. Col. 4:5 e 6.
 
 Mantendo exemplar o vosso procedimento no meio dos gentios, para que naquilo que falam mal de vós outros como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observam. 1 Pedro 2.12.
 
 Ao lermos estas passagens bíblicas, não há duvida de que á vontade de Deus para seus servos, é que tenham uma boa referencia diante do mundo que não esta salva.
 
 Qualquer servo, que deixa de colocar-se á altura desses critérios, não deveria ser indicado para ser diácono ou diaconisa da nossa igreja, se lhe dermos tal incumbência, além de criarmos problemas para o corpo, também criamos problemas para o próprio diaconato.
 
 Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. O qual  não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano. O qual quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava aqule justamente. 1 Pe 1:21.
 
 
Fonte: Pr Sebastião Edivino da Silva
 
Escrito por: Valmir Fernando - Diretor do Diaconato I.E.Q. Cervezão
 
Fale comigo:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Eventos Igreja

October 2019
S M T W T F S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2
Banner
Banner

Untitled Document

 

Estudos para Pequenos Grupos Porção Diária para Igreja Porção Diária para Líderes

 
IEQ Cervezão Jesus Cristo Salva, Jesus Cristo Batiza com o Espírito Santo, Jesus Cristo Cura, Jesus Cristo em Breve Voltará. Igreja do Evangelho Quadrangular CervezãoGrande acervo de estudos evangélicos, mensagens, pregações, estudos em power point, ministrações, Diáconos, Diaconato, Intercessão, Batalha Espiritual, Coreografia, Ornamentação, Escola Bíblica, Louvor, Liderança, Homens e Mulheres de Negócios, ministérios, galeria de fotos, galeria de videos, crianças e adolescentes, eventos para Cristãos evangélicos Ministério: Pastor Valter e Pastora Regina Cidade de Rio Claro / Sp