IEQ Cervezão

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

 

Unidade está totalmente ligada a adoração

 

alt

 


Deus está nos chamando à unidade. Por amor ao mundo, Ele deseja que sejamos um.

Quando nos tornamos um e trabalhamos em prol do Reino em unidade, seremos invencíveis, inabaláveis e persistentes em trazer para baixo as portas do inferno. A desunião resulta na perda da nossa credibilidade, ou seja, não há razão para o mundo crer que somos de Deus se agimos como o diabo (plantando contendas e separações e competições) se desejamos avivamento em nossa igreja não poderá haver separação entre nós e o Pastor ou com a equipe ministerial.

A falta de união é um fator chave para que pessoas abandonem seus compromissos na igreja, família e etc. A tentação e o pecado exercem influencias poderosas, mas diante da desunião esses grandes fatores perdem, para o estrago infernal que a divisão causa.

Prejuízos causados pela desunião dentro da igreja:

Disputa pelo poder, mandar. Supremacia, querer aparecer. Egos inflamados, autossuficiência. Justiça própria, auto – perfeição.

Tudo isso causa uma rachadura que divide o corpo de Cristo.

A desunião floresce em todo ambiente onde a vontade humana domina. A luta pelo poder destrói qualquer unidade entre nós. Aqueles que semeiam desunião são literalmente perseguidores do corpo de Cristo, como Paulo foi antes de se converter. Quando nos deparamos em alguma batalha com nosso irmão ou irmã, devemos nos perguntar, vale à pena?

Confrontos com pessoas que amamos podem-nos causar vitorias inúteis. A desunião é a marca registrada do inferno. A desunião torna a fraqueza mais fraca ainda. A desunião nada mais é que do que nosso próprio corpo sendo desmembrado.

A cura:

Jesus está à procura de homens e mulheres que abram mão de seus próprios desejos, preferências pessoais e propósitos ocultos e se coloquem em total submissão a Ele. A unidade verdadeira acontece quando nós nos submetemos totalmente a Jesus, assim fazendo, automaticamente seremos um com nosso irmão.

Desunião gera morte na igreja, mas a morte da carne gera unidade. O segredo da unidade é a postura de servo, porque esse era o estilo de liderança de Jesus, esse modelo transformou vidas e até comunidades. Deus quer que façamos tudo junto.

Deus sonha conosco, ou melhor, com nossa unidade. Já é hora de nossa vontade própria ser quebrada para que o sonho de Deus (unidade) possa se tornar uma realidade. Fomos chamados a viajar pela mesma estrada, na mesma direção, portanto devemos nos manter juntos.

Somente um coração de servo poderá gerar unidade. Esse coração é o ventre que a unidade precisa para nascer, por outro lado a arrogância é a nascente da divisão. Não deve haver espaço na igreja para o espírito de competição e divisão, mas para os servos o espaço se tornará até pequeno.

Nossa habilidade de gerar unidade é diretamente proporcional a nossa habilidade de ser servo. Para um servo não importa quem está no comando, porque ele não busca evidencias para si, mas somente para o Reino de Deus.

Além do que, aquele que é servo, que tem o espírito de servo, não se sente ameaçado pelo sucesso de outro. Nós nunca vamos ser exaltados rapidamente, sempre teremos que passar pela porta da serventia.

Servos espontâneos trazem renovação e forças novas para aqueles que estão ao seu redor. Servos amam o companheirismo e estão sempre juntos servindo na igreja ou em qualquer lugar na obra de Deus. Servos nunca perguntam o que eu vou ganhar com isso?

A recompensa nunca virá de pessoas, porque se vier não será comparado ao que Deus fará, por isso devemos esperar só de Deus.

Ser servo é uma escolha nossa.

Deus tem mais problemas com pessoas cheias de justiça própria, vontade própria do que com o ímpio. Abrace hoje mesmo um irmão e diga para ele. Conte comigo. Somos um no Senhor!

Um megaministério requer uma mega unidade.

Deus continue te abençoando poderosamente.