Disciplina prepara para a obra

 

 

Permita-se ser disciplinado

Irmãos nós sabemos que nos dias de hoje não é fácil lidar com o tema disciplina na Igreja, pois a igreja perdeu muito dos valores cristãos e o princípio da autoridade foi adormecido em nossas mentes.

O Papel dos líderes espirituais está sendo reduzido pelos membros das igrejas como se fossem apenas abençoadores e não direcionadores e disciplinadores, quando o papel principal de um líder é direcionar para que o liderado esteja cumprindo seu papel no corpo de Cristo.

As vezes erramos, pois somos humanos.

Quando pecamos, ou erramos o alvo, não dá para voltar atrás e desfazer o pecado más podemos voltar ao caminho certo e fazer o máximo para não errar novamente.

1 João 1.8 “Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós”.

Ninguém está livre de errar, seja com o irmão ou dando lugar aos desejos carnais, más se não conseguimos nos livrar desse erro sozinhos se torna necessário que nossos líderes nos ajudem ministrando a disciplina com amor.

A disciplina com amor traz restauração!

Há necessidade de disciplina no Corpo de Cristo, pois todo Cristão está sujeito a errar e a disciplina faz parte do crescimento espiritual. Todo cristão tem a responsabilidade de corrigir um outro crente que pecou, convencê-lo do seu erro e colocá-lo no caminho certo outra vez.

Lucas 17.3 e 4 “Tende cuidado de vós mesmos; se teu irmão pecar, repreende-o; e se ele se arrepender, perdoa-lhe. Mesmo se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; tu lhe perdoarás”.

A igreja não pode ser omissa com relação à disciplina, precisa ensinar de uma forma correta e a forma correta é a palavra de Deus. O objetivo da correção é produzir arrependimento, restauração e não condenação e culpa.

2 Timóteo 4.1 e 2 “Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino; prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino”.

2 Timóteo 3.16 e 17 “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra”.

Permita-se ser disciplinado para ser um servo preparado para a boa obra. Veja na disciplina uma oportunidade para crescer.

Marcelo Guimarães